Saiba como fica a área de tecnologia e logística no pós-pandemia

O novo cenário econômico causado pela pandemia do coronavírus provocou e estimulou mudanças que vão exigir cada vez mais profissionais capacitados para promover mudanças e alterações organizacionais. A afirmação é do coordenador de Logística EAD, Marcos Antunes, que defende ainda que os profissionais do futuro devem estar preparados para levar as empresas um grau maior de competitividade.

Segundo Marcos, a inclusão de novas metodologias de ensino no curso de Logística, que funcionam por meio de projetos e exercícios, tem o objetivo de preparar os alunos para situações atuais do mercado financeiro. “Para contribuir com os nossos estudantes, a nova metodologia funciona com exercícios interligados com a situação atual, além da abordagem de cases que provocam um desenvolvimento de processos logísticos (internos e externos), promovendo novas discussões eminentes a desafios.”, disse.

O professor afirma ainda que surgiram novas vertentes para explorar esse novo ambiente econômico, como, por exemplo, novas alternativas de deslocamento de transportes de produtos e mercadorias para curtas distâncias. "O futuro para os profissionais da área é promissor, tendo em vista que a procura por cursos de gestão e logística aumentou, e que as empresas estão investindo em pessoas com especializações no assunto", indica.

Um dos motivos seria o aumento do e-commerce e da produção de grãos no Brasil. “O governo federal possui planos de ampliar a malha rodoviária, desenvolver outros modais tais como o ferroviário, hidroviário e marítimo, e diante disso, podemos afirmar que o profissional de logística terá à sua disponibilidade um vasto mercado para ser explorado a partir de suas competências e conhecimentos.” relata o coordenador.

Por Ana Cristina Morbach



Compartilhe: