Pesquisa para tornar a área de Engenharia Civil mais sustentável será apresentada no CILAMCE

Fernando Olivera dedicou anos em pesquisa e estudos até a publicação do artigo, que será apresentado no CILAMCE, maior evento da América Latina na área de estruturas. O evento será on-line, entre os dias 16 e 19 de novembro, pelo canal oficial do evento (https://www.cilamce.com.br/). Com a orientação do professor Tiago da Silva Oliveira, Fernando traz com a pesquisa a comparação entre os materiais bambu e aço na construção de uma passarela projetada para a circulação de pedestres.

Fernando tomou como estudo de caso uma passarela que fica em Ceilândia. A passarela foi escolhida para ser modelada numericamente usando o método dos Elementos Finitos (FEM), um método matemático que permite a elaboração de modelos físicos tridimensionais de estruturas, sendo real ou teórico. “Foi a experiência mais difícil que eu vivi na minha carreira acadêmica, pois nunca tinha escrito para publicar em um evento tão grande como esse. Quando soube que o trabalho seria publicado, senti uma mistura de sentimentos e a sensação de dever cumprido, por alcançar um objetivo antigo", afirma Fernando.

O artigo aponta uma possível substituição dos materiais normalmente usados em estruturas que demandam um processo de produção caro e ofensivo ao meio ambiente, por um material renovável e que contribui para a diminuição de gás carbônico na atmosfera. A pesquisa comparou dois modelos tridimensionais: a passarela com estrutura metálica tradicional, da forma como ela foi construída em Ceilândia; e a passarela substituindo todos os elementos de aço industrial por elementos de bambu renovável, fazendo a simulação do comportamento físico. “No caso do trabalho do Fernando, o objetivo era simular como seria o comportamento dessa estrutura no nosso mundo real”, esclarece o professor orientador, Tiago Oliveira

Por Isadora Mota



Compartilhe: