Dia da toalha: conheça seis dicas de filmes “nerds” para assistir na quarentena

".42": Esse é um dos números mais famosos e intrigantes do mundo “nerd”. Ele foi dado como resposta por uma máquina supostamente capaz de responder a pergunta fundamental de todas as coisas do universo. Questionada sobre a resposta numérica, ela respondeu: “quando vocês souberem qual é exatamente a pergunta, vocês saberão o que significa a resposta”. Por essa e outras, a série de cinco livros O Guia do Mochileiro das Galáxias, do falecido escritor britânico Douglas Adams, ganhou muitos fãs pelo mundo. Os livros contam a história de Arthur Dent e suas viagens pelo espaço. De acordo com uma espécie de guia escrito para auxiliar viajantes intergaláticos, um dos itens essenciais para qualquer viajante intergaláctico é uma toalha

Desde 2001, em homenagem a grande obra inglesa, o dia 25 de maio é conhecido como Dia do Orgulho Nerd, ou Dia da Toalha. Para quem quer aproveitar a quarentena e conhecer mais sobre essa cultura, o professor do curso de Cinema do Centro Universitário IESB, Elias Nascimento, que é entusiasta da obra e “nerd” assumido, preparou uma lista de filmes.

A primeira dica - e não poderia ser outra - é a famosa saga Star Wars (1977-2019). Ela foi responsável por popularizar a cultura nerd. Curiosamente, em 25 de maio de 1977, ganhava as telonas o primeiro filme da franquia. “O filme tornou-se uma verdadeira referência dentro da cultura pop, tendo várias continuações, sendo nove longas-metragens e também, representado em forma de desenho animado, estampas, bonecos, jogos eletrônicos e muito mais”, afirma.

Em seguida, Nascimento indica outro clássico: a trilogia De Volta Para o Futuro (1985-1990). A trama mistura comédia com aventura, e traz em seu conteúdo claras referências do que o mundo se tornou atualmente. “O cientista transforma um carro em máquina do tempo e, com isso, viaja para o passado causando inúmeras confusões”, explica. A obra é repleta de simbologias e causou grande influência na cultura nerd. De Volta Para o Futuro também virou uma série de desenhos animados bem-sucedida, ganhou jogos eletrônicos e marcou a história do cinema.

Terceira e não menos importante recomendação do cinéfilo são as obras cinematográficas que tiveram origem a partir dos livros do escritor britânico J. R. R. Tolkien. Elas tratam do famoso universo de Senhor dos Anéis (três filmes) e O Hobbit, com outras três películas. “O Senhor dos Anéis, dirigido por Peter Jackson, cravou personagens como Frodo, Legolas, Aragorn e Gimli no imaginário de pessoas em diferentes partes do mundo. Sem dúvidas, é um dos maiores marcos nerds”, ressalta.

Os Caça-fantasmas (1984-2020) são a quarta indicação do professor. “Os personagens e simbolismo do filme também ficaram marcados na história. Você pode nunca ter assistido ao filme, mas provavelmente reconhece aquela imagem do fantasma sob o símbolo de proibido. O Filme ganhou uma continuação direta, um spin off com protagonistas femininas e ganha uma nova continuação prevista para este ano de 2020”, disse.

É claro que não poderia ficar de fora a famosíssima franquia Jornada nas Estrelas. Inicialmente, em 1966, era apenas um programa de televisão. Com o sucesso, foram produzidos um total de 12 filmes. “A ideia original era fazer um faroeste espacial, refletindo sobre questões sérias como a política e a guerra. Os primeiros filmes, Jornada nas Estrelas (1979) e Jornada nas Estrelas 2: A Ira de Khan (1982) foram sucessos imensos, quebrando recordes de bilheteria. Atualmente, em 2020, foi lançado em streaming mais um novo capítulo da franquia para alegria dos fãs nerds”, lembra.

Para os menos rigorosos e com menos tempo para ler os cinco livros do Guia dos Mochileiros da Galáxia, a obra ganhou versão no cinema em 2005. Não agradou muito os espectadores, mas o filme pode ser uma boa escolha pelo contexto engraçado de sátira das histórias de ficção científica, avalia Nascimento.



Compartilhe: