Aluna de Educação Física se destaca no Paraciclismo

Desde que nasceu, Ana Raquel Lins teve que enfrentar uma série de sessões de fisioterapia, devido ao diagnóstico de Síndrome de Polend – que causa a má formação da mão esquerda. Para desenvolver o membro atrofiado, Ana Raquel foi orientada à prática de esportes. Com isso , desde os quatro meses de idade, a atleta pratica natação. As primeiras competições vieram aos oito, e ela nunca mais parou. Hoje, ela compete pelo Paraciclismo.

Ana Raquel já representou o Brasil em dois jogos Parapan-americanos, nas modalidades de natação e paraciclismo, e uma Paraolimpíada, na qual foi a primeira mulher e única representante do Brasil na modalidade de Paratriatlon.

Contemplada pelo Programa Bolsa Atleta, do Centro Universitário IESB, no segundo semestre de 2019, a agora aluna da Instituição representa o IESB em competições Brasil afora. "O bolsa atleta é muito importante, pois coloco em prática mais um sonho, sem comprometer o meu orçamento atual, que é voltado para investir no esporte [viagens e equipamentos]", diz Ana.

A aluna tem planos para o futuro e está muito confiante para os próximos passos. "Espero ainda representar o Brasil em mais 3 ciclos. E após isso com a formação em Educação Física, atuar do outro lado", conta. É um desejo dela que sua próxima fase seja em sala de aula.

Próximas competições

Ana Raquel Lins compete no próximo final de semana pelo Campeonato Brasileiro de Paraciclismo de Estrada, na etapa São Carlos-SP, entre 30 de novembro e primeiro de dezembro, a partir das 10h da manhã.

No sábado disputa a prova de 'Contra Relógio' e no domingo, a prova de Resistência, na categoria C-5 Feminina - categoria direcionada aos atletas com amputação e deficiência físico-motora, com potência muscular e/ou coordenação motora limitada.

Esta será a última participação da nossa representante em uma competição esportiva no ano.

Por Yanna Calisto



Compartilhe: