Graduação/

Ciência Política

O Curso

A formação na área das Ciências Políticas propicia ao acadêmico (e futuro profissional) a capacidade de promover grandes transformações na vida da sociedade como um todo.

Além disso, o domínio abrangente de conhecimentos teóricos e metodológicos na área de Ciência Política em sentido amplo, e mais especificamente de ambos os campos dessa Ciência, configuram a espinha dorsal do curso. Há também a presença de sólida formação cidadã, pautada por uma postura social crítica, ética, solidária, participativa e preocupada com os interesses da coletividade e do meio ambiente.

A capacidade de desenvolver pesquisas no âmbito da Ciência Política, e nessa mesma área realizar consultorias, assessorias, exercer atividades docentes, ocupar cargos públicos e privados relevantes, etc. A existência de uma cultura política democrática básica.

Objetivos do curso

Formar profissionais da Ciência Política qualificados para fazer análises abrangentes dos fenômenos políticos e aptos para atuarem na estrutura estatal, em instituições da sociedade civil, entidades de classe, empresas privadas, e organizações intergovernamentais.

Proporcionar aos alunos uma sólida formação teórica e metodológica no campo da Ciência Política, não apenas o domínio de habilidades analíticas, interpretativas, argumentativas e discursivas, mas também articulá-las com questões da sociedade global.

Incentivar a expressão de formas democráticas em seus diversos âmbitos institucionais.

Formar profissionais e pesquisadores qualificados a trabalhar como analistas de ciência política, com ampla e integrada compreensão dos fenômenos políticos no âmbito doméstico ou global, tanto na área acadêmica quanto em institutos de pesquisa públicos ou privados.

O Profissional

O Cientista Político terá conhecimentos para tecer análises acerca das organizações, sistemas e processos políticos, sua estrutura, formas e processos de governo, nacionais e globais. Estará apto para elaboração de projetos e profícuas contribuições para a tomada de decisões na esfera política. O cientista político, dentre outras funções,compõe a retarguarda para a formulação, análise, desenvolvimento e avaliação de políticas públicas eficientes.

Mercado de Trabalho

O cientista político tem o seu campo de atuação definido basicamente pelo espaço de abrangência da Ciência Política, cujo objeto de estudo é compreendido ora em dimensão mais ampla, ora em dimensão mais restrita, de maneira que, quando focado nesta dimensão, ele se limita às questões que, de uma ou outra forma, dizem respeito ao poder de Estado, e, quando focado de maneira ampla, termina por envolver as relações de poder que perpassam toda a sociedade doméstica e global.

O trabalho do bacharel em Ciência Política pode ser feito no setor público ou no setor privado. Para atuar no setor público, o profissional pode ser um funcionário nos governos (federal, estadual ou municipal), nos legislativos, na diplomacia e em institutos de pesquisa. No setor privado, as alternativas incluem desde empregos em institutos de pesquisa, empresas de consultoria, empresas com negócios internacionais, partidos políticos, ONGs, até o trabalho autônomo em consultorias e assessorias. Assim, o campo de atuação do cientista político tem a ver com as relações de poder que envolvem, ou não, o Estado. Tomando por base esse parâmetro, observa-se o quanto ele é abrangente.

Portanto, pode atuar tanto em empresas privadas de todos os setores da economia como em órgãos públicos, embora quem mais contrate cientista políticos no Brasil atualmente sejam as instituições de ensino. A taxa de empregabilidade deste profissional está entre as mais altas do mercado e há oportunidades de trabalho em todas as regiões do país.



Compartilhe:


CALCULADORA DESCONTO MÉRITO
Sua mensalidade com até 50% de desconto de acordo com seu desempenho no Vestibular e ENEM.
*Valores válidos para 2º/2019. Consulte edital para mais informações.

Informações Complementares

Acontece no IESB


Foto ilustrativa

Corrida da longevidade – 2013/1

Foto ilustrativa

II Semana do Gestor Empreendedor

Foto ilustrativa

Atualidades em Debate – “O Brasil, a Copa e as manifestações"

Foto ilustrativa

II Semana do Gestor Empreendedor