Serviço de Psicologia do Campus Oeste oferece atendimento a vítimas de racismo

A partir desse ano, o curso de Psicologia do Campus Oeste inicia o serviço de atendimento psicossocial a pessoas que se encontram vulneráveis e/ou que já se viram vítimas de crimes de racismo e injúria racial. O serviço será ofertado à comunidade através da  Clínica-Escola, com oferta de estágio supervisionado pela professora Cynthia Ciarallo.

“Estamos falando de processos identitários atravessados por práticas históricas de discriminação e invisibilidade, o que certamente gera sofrimento de toda ordem”, ressalta. Assim, com a finalidade de divulgar e integrar a rede de enfrentamento ao racismo e outras vulnerabilidades, a clínica-escola tem dialogado com instâncias governamentais de proteção e defesa da igualdade racial.

Neste mês, a professora supervisora do estágio esteve reunida com a Coordenação de Enfrentamento ao Racismo, por sua coordenadora Maria Isabel Rodrigues, da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do Distrito Federal, e com a delegada responsável, Gláucia Cristina da Silva, pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência, com vistas à realização de termos de cooperação técnica entre o IESB essas instituições, ainda sob apreciação.

Psicologia-Projeto-Racismo.jpeg

Enfim, com mais essa iniciativa, o IESB reafirma seu compromisso com as demandas sociais, ofertando à comunidade serviços especializados, muitas vezes ainda inéditos na formação acadêmica em saúde.

Serviço:

Projeto Psicologia, Identidade e Relações Etnicorraciais

Clínica Escola IESB – Campus Oeste – Telefone 3962-4748



Compartilhe: