IESB assina importante parceria com o Hospital Santa Marta

O Centro Universitário IESB assinou hoje o documento firmando a importante parceria com o Hospital Santa Marta. Com ele, as duas instituições se comprometem com o desenvolvimento e execução conjunta de programas, projetos e o intercâmbio em assuntos educacionais, científicos e tecnológicos na área de saúde e afins. Estiveram presentes na reunião a Reitora Eda Coutinho, o Vice-Reitor Edson Machado, a Pró-Reitora Acadêmica Regina Tombini, a Superintendente de Pós-Graduação Zeli Ambrós além do Diretor do Hospital Santa Marta, Doutor Paulo Maluf, e a representante do Instituto Santa Marta de Ensino e Pesquisa, Luci de Fátima Emídio.

Na ocasião, os representantes ressaltaram a importância acadêmica dessa parceria. Cursos como Psicologia, Enfermagem, Nutrição, entre outros, podem se beneficiar participando ativamente das atividades do hospital. Luci de Fátima destacou a importância da prestação de serviços à sociedade. Para ela, é importante o “Empoderamento” do paciente no seu próprio tratamento. E isso se conquista por meio da prática do profissional da saúde. O doutor Paulo Maluf também destacou a necessidade do alinhamento entre o médico e sua equipe. “Hoje não se faz nenhum serviço sem multidisciplinaridade”, afirmou o médico. A professora Eda confirmou a importância da parceria entre as instituições. “Acreditamos com isso, proporcionar aos profissionais da área novas oportunidades de aprimoramento e de qualificação”, destacou a reitora.

O Hospital Santa Marta está entre os 30 melhores hospitais do Brasil, de acordo com a lista da Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp).

MOU-Santa-Marta-031.JPG  MOU-Santa-Marta-032.JPG

Sobre a parceria

O IESB e o Hospital Santa Marta concordam em incentivar e promover o desenvolvimento a partir do intercâmbio de conhecimentos, experiências e informações técnicas e científicas; realização de cursos de pós-graduação lato sensu, cursos de aperfeiçoamento, programas, palestras e eventos de interesse comum aos partícipes; organização de programas e grupos conjuntos de pesquisa; desenvolvimento de ações que visem o desenvolvimento conjunto de projetos e programas relacionados ao Ensino, Pesquisa e Extensão; intercâmbio de pessoal para atuação em projetos conjuntos dos partícipes, proporcionando, inclusive, oportunidade de estágios curriculares. 

Por Laura Maria


Compartilhe: