Certificações oferecidas por grandes empresas de TI são rápidas e proporcionam altos salários

Apesar de ser um grande passo para a carreira, a graduação já não é suficiente para garantir uma vaga no mercado. Áreas muito competitivas, como a de Tecnologia da Informação (TI), requerem algo a mais de seus candidatos. Uma das formas de se colocar à frente é garantir uma certificação: uma prova de que o profissional é capacitado para lidar com determinada tecnologia.

Após quatro anos, em média, na faculdade, o estudante se forma com um conhecimento amplo da sua área. As certificações funcionam como uma ferramenta de especialização, na qual o interessado passa por um treinamento e por provas que testam sua capacidade. O processo é mais curto que uma pós-graduação, por exemplo, e seu retorno é mais rápido: salários maiores do que a média e maior valor do profissional no mercado.

As certificações costumam ser ofertadas por grandes empresas da área de TI, como a Oracle. Dentre as 500 maiores corporações do mercado – conhecidas como Fortune 500 – mais de 90% usam os seus produtos, e essas empresas dão preferência para profissionais certificados na hora da contratação.

“O carro-chefe da Oracle é o seu banco de dados”, disse Regiano da Silva Alves, professor do curso de Administração do Centro Universitário IESB, que possui parcerias com empresas que realizam certificações, incluindo a Oracle. “Um profissional que tem essa certificação acaba sendo muito valorizado”, continua.

Segundo Regiano, há muita procura por esse tipo de especialização. “Nós temos essa parceria desde 2004, e conseguimos o convênio depois de muita conversa. Temos alunos do IESB que procuram a certificação, mas temos também pessoas que nos procuram somente para fazer esses módulos”, contou ele.

“Eu fiz uma certificação especificamente para concorrer a uma vaga de uma empresa, porque era uma exigência”, disse Flávio Cardoso de Oliveira Lenzi, pós-graduado em Business Intelligence pelo IESB, que possui duas certificações da Oracle. “Mas eu sei que esse é um valor agregado para toda a vida. O certificado não tem prazo para expirar. Para quem está entrando no mercado de trabalho agora, a certificação é um diferencial, mas acaba sendo uma exigência para os cargos mais altos”, contou.

 As aulas são ministradas por professores e materiais credenciados. Além da Oracle, o IESB possui parceria com a Cisco Networking Academy, voltada para redes, e com a SAS, em inteligência de negócios.



Compartilhe: