Campus Oeste sedia FLISOL/DF 2018

Esta é a segunda vez que o IESB recebe o festival anual de instalação de software livre

O Festival Latino Americano de Instalação de Software Livre – FLISOL/DF 2018 reuniu toda a comunidade interessada em softwares livres no último dia 28 de abril, no Campus Oeste do Centro Universitário IESB, em Ceilândia – DF. Com programação diversificada durante todo o dia, alunos, egressos e professores realizaram mais de 30 palestras e quatro oficinas em laboratórios, além da instalação de softwares por voluntários e colaboradores do evento. 

Na abertura do evento, o deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF), presidente da Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação da Câmara dos Deputados, destacou a importância da educação para a mudança do mundo ao citar os projetos de tecnologia em votação na Casa Legislativa. Para Izalci, é preciso fomentar o empreendedorismo e transformar o conhecimento produzido dentro das universidades em produtos. “Um dos Projetos de Lei prevê 10% dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – FNDCT seja aplicado em softwares, sendo destinado 30% às regiões Centro-Oeste e Nordeste. O objetivo é possibilitar financiamento, que é o grande problema que os jovens encontram hoje”. 

Flisol-Portal-2018.jpg

Segundo o organizador do FLISOL/DF, professor Eustáquio Guimarães, o evento internacional acontece simultaneamente em diversos países da América Latina, Espanha e Portugal, com inventivo à instalação de softwares livres. “Hoje, o Flisol é amplo e abrange cultura e arte, não sendo restrito a softwares. É um compartilhamento de informações com vários proprietários. As pessoas vão a locais e são colaboradoras do movimento, tendo a liberdade de trabalhar com softwares que você sabe como foi feito, ou seja, tem acesso ao conhecimento da construção daquele serviço ou produto”, explicou.

Flisol-Destaque-2.jpg

Já o coordenador dos cursos de TI, professor Carlos Henrique Bacellar Bon, destaca o diferencial de uma estrutura de ponta que o IESB oferece para os participantes, além da possibilidade dos usuários poderem praticar, aprender e ensinar. “Pessoas de diversas áreas participaram, como saúde e direito, para aprender técnicas de editoração eletrônica e planilhas baseadas em software livre. O público especializado pôde conhecer o que o mercado tem desenvolvido na atualidade”, explica o professor Bacellar, que acredita no trabalho colaborativo e na troca de experiências. 

FLISOL DF

Realizado desde 2005 em diversos países da América Latina, Brasil, Portugal e Espanha, o FLISOL tem o propósito de promover o uso de softwares livres e a integração de comunidades de usuários em todos os paí­ses da América Latina, permitindo a troca de experiências e conhecimentos entre usuários e desenvolvedores.

Por Anny Cassimira


Compartilhe: